O homem tem que ter compromisso com o que fala, disse Anivaldo à Belém FM

Anivaldo Vale concedeu entrevista à rádio Belém FM nesta quarta-feira (19), no bairro da Marambaia. O candidato da coligação União por Belém (PR, PTB, PDT e PRB) foi entrevistado pelo radialista Neo Costa e falou sobre os seus projetos e obras voltados para as áreas da educação, saúde, segurança, transporte, saneamento e turismo.

Durante a entrevista, Anivaldo destacou os avanços na área da educação, que hoje tem um dos maiores índices de desenvolvimento educacional.

“A educação avançou muito nesses últimos anos, pois nós conseguimos atingir a meta do IDEB para 2015, com 4.4 no rendimento da educação básica. Antes do governo federal aprovar o piso nacional dos professores, o nosso governo já remunerava os nossos profissionais acima do piso. Hoje os professores municipais tem um dos maiores pisos do país”, disse.

Sobre o transporte, Anivaldo ressaltou o BRT como um dos maiores projetos para desobstruir o trânsito de Belém e a importância da obra para o desenvolvimento da cidade e para a população.

“O BRT é um transporte rápido onde às pessoas vão ter apenas 40% do seu tempo no trânsito usando apenas uma passagem com o bilhete único. O BRT, sobretudo busca respeitar os usuários de ônibus”, afirmou Anivaldo.

Sobre a segurança, Anivaldo destacou a Guarda Municipal que hoje atua de forma integrada com as demais forças de segurança dos governos federal e estadual e destacou uma de suas propostas para a área de segurança como a criação da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária.

“Nós vamos criar a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária para atender as comunidades na mediação de conflitos nos bairros e garantir melhor segurança para essas pessoas”, disse.

Na área do Saneamento, o candidato garantiu se for eleito irá dar continuidade ao projeto da Bacia da Estrada Nova e do Paracuri. Já para a área da saúde, Anivaldo disse que a grande dificuldade da saúde é a superlotação dos prontos-socorros municipais de Belém, que atendem demandas de vários outros municípios do Pará que não criaram políticas públicas voltadas para a saúde.

“Nós gastamos mais 300 milhões de reais na saúde, mas cada governo tem que assumir a sua responsabilidade com a saúde, pois nós não podemos atender toda a essas demandas sozinho. Os governos estadual, federal e dos outros municípios devem assumir suas responsabilidades na área da saúde”,ressaltou.

Ao encerrar a entrevista, Anivaldo assumiu o compromisso de continuar os grandes projetos que estão em andamento, como também trazer mais melhorias para Belém.

“O homem tem que ter compromisso com o que fala e com o que faz. Eu se for eleito, vou honrar cada voto recebido porque eu tenho o compromisso com esta cidade e eu sei como governar. A minha experiência acumulada ao longo desses 40 anos de vida pública eu vou transferir tudo isso em forma de serviços para a população”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s